Recados

Dae Galera, chegou ao fim essa primeira aventura do Diário de Um Lunático, mas em breve começo a postar a parte dois, estou terminando de escrever a segunda parte e já comecei a escrever a terceira parte, então que gostou da primeira parte espere mais um pouco que em pouco tempo a segunda parte começa a ser postada. Abraços Thiago Ramone.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Dia 24 de abril de 2012

Hoje acordamos com muita chuva e decidimos não subir até o topo da montanha, não sei se foi uma boa decisão, mas o Amin sabe o que devemos fazer. Encontramos alguns ladrões tentando achar um lugar para passar o dia até o tempo melhorar, nós tivemos que lutar com eles.

Eles pensaram que estavam enfrentando algumas crianças indefesas, mas mostramos para eles como que os homens lutam, eles correram para o outro lado das montanhas, já não sei se aqui ainda é seguro, eles podem voltar com mais homens.

O Marcos esta melhorando, já conseguiu andar hoje, se ele não tivesse melhorado, não sei o que seria da gente quando os ladrões apareceram, não iríamos conseguir sem ele. O Amin disse que caso os ladrões voltem teremos que sair o quanto antes daqui.

As chuvas estão cada vez mais fortes e se os ladrões voltarem teremos de subir com o tempo ruim, o que pode ser muito difícil e perigoso, mas não podemos nos precipitar, temos que tomar a melhor decisão, conversamos com o Amin e ele disse que era bom a gente trocar de caverna para os ladrões não acharem a gente.

Decidimos subir um pouco até outras cavernas, foi muito perigoso, estava chovendo muito e tinha muita lama e pedras caindo a todo o momento, lembro que em muitos momentos eu queria voltar porque não tinha como subir, mas o Amin nos ajudou e conseguimos chegar as cavernas superiores.

Quando entramos na caverna tivemos uma surpresa, havia um homem nelas, seu nome é Paulo, ele disse que é do mesmo mundo que nós e que estava nesse mundo a 60 anos, descobri uma coisa incrível, nós envelhecemos muito pouco nesse mundo, pois o Paulo aparenta ter seus 20 anos ainda, deve ser porque nossa idade esta de acordo com o nosso mundo e lá o tempo é mais lento.

O Paulo conto sua historia e ela é muito parecida com a nossa, a única diferença que ele desistiu de procurar a pessoa que havia desaparecido de seu mundo, ele não quis contar quem era, mas nós não iremos descansar enquanto não encontrarmos a Fernanda e voltarmos para nosso mundo.

Perguntamos se ele queria nos seguir e tentar voltar para nosso mundo com a gente e ele disse que sim, acreditamos que tenha sido a mesma pessoa que raptou a Fernanda e a pessoa que o Paulo não diz que é.

Esta ficando tarde e precisamos descansar porque amanha vamos subir mesmo que continue chovendo, o Amin disse que pode ficar mais perigoso, pois estamos em mais pessoas e cada um tem que cuidar de todos para que nada aconteça. Espero que a gente chegue logo ao topo da montanha. Boa Noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Dae Galera Meu nome é Thiago, mas alguns loucos me chamam de Ramone, sabe Deus porque...
Ocorreu um erro neste gadget