Recados

Dae Galera, chegou ao fim essa primeira aventura do Diário de Um Lunático, mas em breve começo a postar a parte dois, estou terminando de escrever a segunda parte e já comecei a escrever a terceira parte, então que gostou da primeira parte espere mais um pouco que em pouco tempo a segunda parte começa a ser postada. Abraços Thiago Ramone.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Dia 30 de abril 2012

Ainda estamos na cidade das múmias e o bruxo não retornou. Hoje o mercador nos apresentou um bruxo aprendiz, seu nome é Ryan e ele segue os princípios de Addae, o bruxo da cidade das múmias disse que iria lhe ensinar algumas coisas.

Conversamos muito sobre a lenda do reino do dragão e ele disse que acredita saber onde esta o reino do dragão, ele também ofereceu sua ajuda para encontrar a Fernanda e a Renata, mas em troca ajudaríamos ele a encontrar o reino do dragão.

Amin disse que pode ser muito arriscado porque existem muitas pessoas procurando o reino do dragão, então poderia acontecer uma guerra pelo reino, eu e o Paulo achamos um risco aceitável, mas o Marcos disse que não sabe se seria a melhor opção e resolveu pensar mais um pouco.

Então decidimos esperar a chegada do bruxo da cidade das múmias para dar uma resposta para o Ryan, mas seria útil a ajuda de um bruxo porque teremos muitos obstáculos na nossa jornada.

Ryan também falou que essa historia de precisar das almas das pessoas do nosso mundo para encontrar o reino do dragão é mentira, pois não ajudaria em nada, mas as pessoas de nosso mundo seriam fundamental para entrar no castelo, pois a barreira mágica não funciona com as pessoas do nosso mundo, então qualquer um teria acesso ao castelo.

Esse deve ser o principal motivo de estarem visitando o nosso mundo e trazendo pessoas para esse mundo, mas amanha conversaremos melhor com o bruxo da cidade das múmias, caso ele chegue amanha. Agora vou dormir. Boa noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Dae Galera Meu nome é Thiago, mas alguns loucos me chamam de Ramone, sabe Deus porque...
Ocorreu um erro neste gadget